Logo SASOP
27 Junho 2019

O SASOP é uma organização da sociedade civil que, desde 1989, vem contribuindo para assegurar a agricultores, agricultoras, pescadores e pescadoras artesanais uma melhor qualidade de vida no campo.

[+] Saiba mais



MPA Manifesta Seu Repúdio Ao Crime Da Vale Em Brumadinho

Por Comunicação MPA

Publicado originalmente em MPA

O Movimento dos Pequenos  Agricultores-MPA torna público nota de repúdio ao crime cometido pela Vale em Brumadinho, e expressa toda sua solidariedade as vítimas desse ato violento fruto da ganancia desenfreada do Capital.

Confira a nota na integra:

 

 MPA  manifesta seu repúdio ao crime da Vale em Brumadinho

Mais uma vez a terra chora e padece sob o peso da ganancia e do egoismo do capital, o brilho do minério usurpado pela Vale, mais uma vez ofusca vidas de inocentes, soterrando sonhos por onde passa. Os Camponeses e Camponesas do Movimento dos Pequenos Agricultores-MPA se solidarizam com as vitimas do rompimento criminoso da Barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho- MG ocorrido no dia 25 de janeiro, compartilhamos a dor de cada família que perdeu seus entes queridos, nesse crime anunciado.

A barragem e a responsabilidade deste feito cruel assim como o de Mariana, é da empresa Vale, que mesmo depois de cometer um crime idêntico se mantêm impune. O MPA repudia a ação dessa mineradora da mesma forma que cobra que a mesma se responsabilize por todos os impactos deste rompimento, o Estado e a sociedade Brasileira não pode permitir tamanha impunidade!

A sede pelos minerais castiga este solo há mais de 500 anos, o lucro sempre segue o fluxo rumo ao exterior, deixando em nossa terra os borrões de minério, cinza e sangue, não podemos permitir que essa prática tão antiga e violenta siga em curso. Mariana, Barcarena, Brumadinho, a pergunta é onde será o próximo crime? Até hoje camponeses e camponesas amargam a dura realidade de não poder mais cultivar e viver na terra às margens do Rio Doce, sem apoio, sem indenização, sem perspectiva e dignidade, quantos que não perderam a vida poderão voltar a cultivar? Repudiamos essa ganancia que toma de assalto vidas, e impede camponeses e camponesas de plantar e colher.

Vale lembrar que após o crime os verdadeiros responsáveis seguem livres, o alto comando da Vale continua controlando as ações da mineradora, tento livre acesso pra manipular informações e maquiar as evidencias do crime, além de portarem-se como vitimas. Não podemos esquecer que esse crime tem culpados, e que estes continuam impunes.

Nós do MPA tememos o avanço dos rejeitos rumo ao Rio São Francisco, sabemos da importância deste Rio para a vida do Brasil, milhões de famílias dependem dele, em especial camponeses e camponesas, pescadores e ribeirinhos, é inimaginável o impacto da contaminação do São Francisco. Desde já nos somamos fortemente as ações coletivas em defesa da vida deste Rio, e alertamos que caso não seja barrado esta contaminação o rastro de destruição, e de perdas pode ser incalculável.

Mais uma vez estendemos nossa solidariedade, a população de brumadinho impactada, aos trabalhadores e trabalhadoras que padecem e padeceram sob o jugo de um modelo explorador, precarizador que consome a vida de operários a troco dos altos lucros dos investidores. Exigimos justiça para o povo e punição para a Vale.

30 de janeiro de 2019

Movimento dos Pequenos Agricultores-MPA

Salvador - Rua Aristides Novis, 101º Federação - Salvador - BA
CEP: 40.210-630
Tel: 71 3335-6049

Remanso - Rua Padre José Daniel Potter, 100 - Remanso-BA
CEP 47.200-000
Tel: 74 3535-1548 / 0093

Camamu - Praça Nossa Senhora da Assunção, 03, Centro -Camamu-BA
CEP: 45.445-000
Tel: 73 3255-1119
Parceiros Financiadores