Logo SASOP
04 Junho 2020

“SAN é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais, tendo como base pr

[+] Saiba mais



ATAF e parceiros trabalham na perspectiva do fortalecimento da comercialização dos produtos da agricultura familiar

 

Durante o mês de agosto de 2019, a ATAF (Associação de Técnicos em Agropecuária e Apoiadores da Agricultura Familiar no Estado da Bahia) e SASOP (Serviço de Assessoria a Organização Populares Rurais), reuniram-se com os agricultores, consumidores e parceiros, nos municípios de Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes, semiárido baiano para debater sobre a continuidades da divulgação e comercialização dos produtos oriundos da agricultura familiar da região.

Os encontros tiveram como objetivos elaborar planos de ações em prol da continuidade das Feiras Agroecológicas Diversidades do Sertão, pensando também na possibilidade da implantação e fortalecimento dos espaços permanente de comercialização dos produtos da agricultura familiar nos dois municípios.

Ao longo das atividades desenvolvidas no município de Pilão Arcado foi discutida a possibilidade da implantação de um barracão agroecológico e de trabalhar na perspectiva de realização de uma Feira Agroecológica, uma vez anualmente, em forma de evento, para dar maior viabilidade a comercialização e divulgação dos produtos da agricultura familiar no município.

Segundo a coordenadora da Rede Mulher de Pilão Arcado, Hildaci Alves, os encontros promovidos pela ATAF em Pilão Arcado, discutiu sobre a importância da realização das Feiras Agroecológicas, e da necessidade de implantação de um espaço de comercialização permanente, para os agricultores familiares comercializarem seus produtos, e que a Rede Mulher ver a ideia do barracão agroecológico como uma fonte de fortalecer os trabalhos das mulheres agricultoras.

No município de Campo Alegre de Lourdes, não muito diferente do município vizinho, também foi discutido a proposta de fortalecimento da comercialização dos produtos da Agricultura familiar.

Durante as atividades desenvolvidas em Campo Alegre de Lourdes foi discutida a possibilidade de trabalhar com o intuito de forma um coletivo a que venha colocar a proposta aos agricultores e ao poder público local sobre a ideia de, durante as Feiras Livres da cidade, que acontece todos os as sábados no mercado municipal, identificar de fato as barracas dos agricultores familiares que trabalham de forma agroecológica ou orgânica, pensando também na possibilidade de no próprio mercado municipal ter um espaço especifico para os agricultores familiares.

Em Campo Alegre de Loures também foi discutido a proposta da realização de duas a quatro Feiras Agroecológicas, anualmente, em forma de evento. Na perspectiva de incentivar os consumidores sobre a importância da agricultura familiar, como também divulgar o espaço da agricultura familiar que será organizado no mercado municipal da cidade.

“A ideia é dar maior viabilidade aos produtos orgânicos que estão na feira municipal no sábado, que vem das comunidades, que produz e levam para ser comercializados. A ideia é dividir a feira (feira livre) entre orgânico e o não orgânico, de uma forma que pudesse está identificando os produtos saudáveis da agricultura familiar, diz Sergiane Ramos, jovem Agricultura da comunidade de Sitio Novo do Pedrão, município de Campo Alegre de Lourdes.

A ideia da elaboração dos planos de ações nos dois municípios, está sendo pensando no propósito de dar continuidade a realização das Feiras Agroecológicas. Essa ideia surgiu a partir da avaliação dos eventos, ocorridos nos dois municípios, onde foi avaliando que se os agricultores estiverem espaços, no centro das cidades, para expor e comercializar seus produtos, os consumidores estão hábitos a contribuir para a formação de rede de consumo, devido a necessidade do consumo de alimentos saudáveis.

Os encontros foram promovidos por jovens da ATAF, entidade que vem desenvolvendo trabalhos voltado a comercialização de produtos cultivados de forma sustentável, nos municípios de Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes, em parceria com entidades da região, com apoio dos poderes públicos locais e do Projeto Pró-semiárido.

“ A princípio estamos discutindo a possibilidade de dar continuidade na realização das Feiras, e pretendemos sim tornar as Feiras Agroecológicas como símbolo de geração de renda e de valorização da cultura das comunidades, e nois vamos trabalhar forte na proposta de criar e fortalecer os espaços de comercialização permanente, para oferecer produtos dos agricultores frequentemente ao consumidores da cidade, acreditamos que essa ideia pode dar certo sim, até mesmo pelo fato de que percebemos que o poderes públicos dos dois municípios se mostram bastante interessados em contribuir com essa proposta, pois sabe a importância que isso tem para a região,” Diz Joelson  Lopes, presidente da ATAF.

Realização: ATAF

Parceiros: Jovens Comunicadores/SASOP

Convênio: CAR/Pró-semiárido/SDR/Governo da Bahia/FIDA

 

Salvador - Rua Aristides Novis, 101º Federação - Salvador - BA
CEP: 40.210-630
Tel: 71 3335-6049

Remanso - Rua Padre José Daniel Potter, 100 - Remanso-BA
CEP 47.200-000
Tel: 74 3535-1548 / 0093

Camamu - Praça Nossa Senhora da Assunção, 03, Centro -Camamu-BA
CEP: 45.445-000
Tel: 73 3255-1119
Parceiros Financiadores