Carta das Mulheres da CNAPO em apoio a Dilma

Carta das Mulheres da CNAPO em apoio a Dilma

Mulheres representantes de movimentos sociais de todo o País foram ao Palácio do Planalto, no dia 7 de abril, se posicionar contra o processo de impeachment em curso no Congresso Nacional. Recebidas pela presidenta Dilma Rousseff, as mulheres intitularam o ato de "Encontro com Mulheres em Defesa da Democracia". As mulheres do movimento agroecológico, representantes da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (CNAPO), entregaram uma carta expressando apoio e solidariedade à presidente nesse cenário político onde também se sentem atingidas pelas manifestações de “violência sexista, ódio, discriminação e profundo desrespeito contra uma mulher na Presidência da República”.  As mulheres da CNAPO se posicionam considerando fascistas as manobras políticas que Eduardo Cunha, acusado de por vários crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, réu em processos que tramitam no STF acompanhado por 37 deputados integrantes da Comissão Especial do Impeachment também acusados dos mais variados crimes julguem a Presidente Dilma, sobre a qual não pesa nenhuma acusação de crime de responsabilidade. Na Carta destacaram ainda as preocupações com o caminho assumido pelo governo para o enfrentamento da crise, que impacta diretamente a vida da classe trabalhadora, mas, principalmente, das  mulheres e propuseram ações de fortalecimento das diversas políticas públicas para as mulheres do campo, da floresta e das águas. Leia a Carta na íntegra 

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.