Oficina de elaboração do PTDSS mobiliza agentes do Sertão do São Francisco

Oficina de elaboração do PTDSS mobiliza agentes do Sertão do São Francisco

Fonte: Territorios Culturais Bahia

O Núcleo Diretivo do Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Sertão do São Francisco (CODETER – SSF) realizou, no último dia 7 de outubro, no Salão Paroquial de Remanso, a oficina de atualização do Plano Territorial de Desenvolvimento Sustentável e Solidário (PTDSS) do território. A ação teve por finalidade dialogar, ampliar entendimentos, levantar dados e planejar a sistematização de demandas públicas que permitam a devida atualização do documento, que está sendo desenvolvido com as associações, sindicatos, cooperativas e demais instituições, civis e públicas.

Entre os presentes, estiveram Edimilson dos Santos, coordenador geral do CODETER-SSF; Paulo Soares, representante da UNEB na Câmara de Educação; Lorena Melo, representante da CAR; Jussara Oliveira, representante do CODETER-SSF; e Alan Alves, representante territorial da SecultBA e coordenador da Câmara de Cultura.

Entenda o PTDSS – A elaboração de novos Planos Territoriais de Desenvolvimento Sustentável e Solidário (PTDSS) está em processo nos 27 territórios de identidade da Bahia. Este trabalho resulta da necessidade de atualização a partir das deliberações da II Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (CNDRSS), realizada em 2013. Uma das mudanças, inclusive, está na absorção do conceito de “solidário” a estes documentos, que tiveram, portanto, sua nomenclatura alterada.

A definição da metodologia de construção dos PTDSS foi uma pactuação entre governos e os Núcleos de Extensão em Desenvolvimento Territorial (NEDET). Todos os territórios de identidade baiano estão tendo a consultoria necessária, inclusive da SecultBA, no que se refere ao eixo da cultura e à garantia de um processo participativo e democrático de formulação de propostas territoriais. Os representantes territoriais de cultura dão este fundamental suporte de perto, acompanhando os NEDETs responsáveis pelos seus territórios, participando de reuniões e atuando como apoio permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.