Líder camponês é assassinado na Bahia – Nota do SASOP

Líder camponês é assassinado na Bahia - Nota do SASOP

 

Lamentamos o assassinato do agricultor e líder camponês, Júnior Mota, ocorrido no dia 13 de julho, na comunidade Quilombola de Jiboia, município de Antonio Gonçalves, na Bahia.

Em tempos tão difíceis de fragilidade da democracia, mais um companheiro é retirado da luta pela terra e pelos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais. O líder camponês e quilombola, Júnior Mota foi assassinado a tiros na tarde de ontem enquanto trabalhava no campo com um irmão e um sobrinho.

Educador popular, grande defensor da Agroecologia, da convivência com o Semiárido e guardião de sementes crioulas, Júnior era militante do MPA (Movimento dos Pequenos Agricultores). Recentemente contribuiu com a organização das comunidades que irão receber casas de sementes e seria um dos agricultores com sementes crioulas que abasteceria esses bancos comunitários. Nos solidarizamos com os familiares e todos aqueles que conviviam com o Junior Mota.

Equipe do SASOP

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.