Intercâmbio promove troca de saberes entre mulheres sobre beneficiamento e comercialização

Intercâmbio promove troca de saberes entre mulheres sobre beneficiamento e comercialização

Mulheres agricultoras das comunidades do Barroso, Capoeira, Canavieiras, Aldeia,. Riacho Grande, Riachão da Serra e Matão, todas de municípios do Baixo Sul da Bahia, participaram no dia 24 de agsoto, de um intercâmbio sobre beneficiamento e comercialização. A atividade aconteceu na sede da Associação Vale do Piau, zona rural de Valença. O objetivo foi conhecer e promover os diálogos entre o grupo de mulheres, a partir da trajetória do Grupo Produtivo Verde Vida, formado por 14 mulheres e cinco homens da comunidade. O grupo, formado em 2014, já possui uma cozinha de beneficiamento para produção de bolos, beijus e outros produtos beneficiados da agricultura familiar. O debate seguiu com reflexões sobre as conquistas e desafios em se ter um grupo produtivo. Sueli Silva Reis, agricultora e integrante do grupo, afirma que tudo foi contruído pelas próprias mãos da comunidade. "A sede da associação, a unidade de beneficiamento e a escola, tudo construído por nós mesmas", aponta.  Para Neide Santana, uma das administradoras do grupo, a primeira motivação para terem uma cozinha de beneficiamento era poder vender para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Hoje, vendem para o PNAE, para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e tambem na feira de Valença. "Tudo sempre com muita luta e apoio de parceiros, como a AACAF (Agência de Assessoria e Comercialização da Agricultura Familiar do Baixo Sul da Bahia)", diz Neide.  

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.