Quem tem fome não pode esperar!

Quem tem fome não pode esperar!

Após 8 dias de espera pela sanção presidencial ao Projeto de Lei 786/2020, foi oficialmente autorizada a distribuição dos alimentos do PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR às famílias dos estudantes da rede pública.

• Estados e municípios precisam se organizar para fazer chegar estes alimentos aos mais de 41 MILHÕES DE ESTUDANTES das redes públicas de educação básica, que estão SEM ACESSO à alimentação escolar, devido à correta medida de suspensão das aulas.

• Famílias passam FOME, enquanto alimentos podem estar apodrecendo nas escolas. Não podem deixar de ser comprados e distribuídos alimentos frescos, produzidos pela AGRICULTURA FAMILIAR. Camponesas e camponeses dependem desta renda assegurada pelo PNAE.

• A DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO se manifestou em ofício com recomendações. Qualquer cidadão, organização da sociedade civil, especialmente a dos Conseas, pode solicitar sua reprodução/pelas defensorias e procuradorias de seus estados e município. A luta pelo direito humano à alimentação adequada é de todas e todos!

Acesse aqui o ofício da DPU: https://fbssan.org.br/2020/04/projeto-de-lei-que-garante-distribuicao-de-alimentos-do-pnae-e-sancionado/

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.