Segunda edição da Feira Agroecológica de Remanso atrai público numeroso e consolida a iniciativa

A cidade de Remanso comemorou 121 anos nesta segunda-feira, 09/08, e recebeu a segunda edição da Feira Agroecológica da Cultura e Economia Solidária, bem em frente ao Mercado Municipal, neste dia especial. O feriado local contribuiu para aumentar a circulação pelo espaço, montado na Praça Central, e estima-se que mais de mil pessoas visitaram seus estandes ao longo de todo o dia. Onze comunidades oriundas de diversas partes do município participaram da Feira, com produtos locais e feitos com base agroecológica, que valorizam a agricultura familiar e colabora com a difusão da importância do consumo de alimentos sem veneno, que além de mais saudáveis para todos, evitam prejuízos aos trabalhadores e à natureza. 

Tinha de tudo: desde hortaliças das hortas urbanas aos produtos da época cultivados nós quintais produtivos, passando pelos pescados in natura e beneficiados; produtos da meliponicultura como mel de abelha nativa da região e preparado de própolis artesanal, galinha e ovo caipira; derivados da mandioca, como farinha, tapioca e puba; remédios caseiros, bolos e uma infinidade de artesanatos. Mais do que apresentar e comercializar iguarias típicas, a Feira visa estabelecer um comércio com relações justas, mercado solidário, fortalecimento dos elos da comunidade e preços justos e compensatórios tanto para quem vende como para quem compra.

Para Franzé, técnico do SASOP que acompanha a execução do evento, a Feira Agroecológica de Remanso superou as expectativas. “O feriado com certeza ajudou e saber que os produtores conseguiram vender bem é gratificante, mas temos sempre em mente que o principal objetivo é apresentar essa diversidade e riqueza da produção agroecológica  para a população, e creio que esse objetivo foi alcançado. Esperamos e trabalhamos no sentido de que esse conhecimento e essa aproximação ajude na valorização da agroecologia e anime os grupos para os próximos encontros”, avalia.

A Feira agroecológica é uma iniciativa do Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais – SASOP e organizações parceiras locais junto com as comunidades rurais, hortas urbanas e os pescadores e pescadoras artesanais de Remanso e visa se tornar um local de interação social e referência pela qualidade e diversidade dos produtos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.