Caderneta Agroecológica: o saber e o fazer das mulheres do campo, das florestas e das águas

O Livro “Caderneta Agroecológica: o saber e o fazer das mulheres do campo, das florestas e das águas” já está disponível em versão digital.

Faça o download e confira a publicação!

Segue um trecho do prefácio, por Emma Siliprandi:

Dizem que uma mulher que lê é uma mulher perigosa. O que dizer, então, de mulheres que escrevem? E que escrevem não apenas textos, livros, mas a própria história? Não importa se essa história é escrita de forma tradicional, com palavras, frases, referências bibliográficas, ou se é escrita no dia a dia dos movimentos, por meio da organização, da criação conjunta, da reflexão e da ação para mudar situações vividas como injustas. Essas mulheres são realmente muito mais perigosas.

Este livro versa sobre mulheres rurais que estão escrevendo uma outra história de suas vidas, a partir do que poderia ser visto como um singelo instrumento – as Cadernetas Agroecológicas – onde anotam a sua produção e o destino que é dado a ela, seja na forma de trocas com vizinhas, parentes e amigas, doações a pessoas em situação de vulnerabilidade, seja pelo uso na alimentação da própria casa, ou mesmo através da venda em diferentes mercados. Um caderno, uma caneta, o hábito de anotar. Colunas
coloridas, fotos de produtos, quadrinhos para marcar... E o perigo está instalado!

Deixar uma resposta