Dia Mundial da Alimentação destaca a importância dos pequenos produtores no Ano Internacional da Agricultura Familiar 2014

Dia Mundial da Alimentação destaca a importância dos pequenos produtores no Ano Internacional da Agricultura Familiar 2014

 

Com o tema Alimentar o Mundo, Cuidar do Planeta, Dia Mundial da Alimentação comemorado hoje, 16 de outubro, destaca a importância dos pequenos produtores no Ano Internacional da Agricultura Familiar 2014.

O Dia, instituído pela FAO – Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, na década de 80, tem no Brasil uma semana inteira de celebrações (13 a 17 de outubro) com diversas atividades promovidas por organizações da sociedade civil e do poder público. Para a FAO, a escolha do tema tem o objetivo de mostrar o papel fundamental da Agricultura Familiar e dos pequenos agricultores na erradicação da fome e promoção da Segurança Alimentar e Nutricional, na qualidade de vida, na gestão dos recursos naturais, na proteção do meio ambiente e no desenvolvimento sustentável, principalmente nas áreas rurais.

Em Salvador (BA), o Dia do Mundial da Alimentação foi lembrado com a realização do 5º Seminário de Alimentação e Cidadania, realizado pelo Sesc Bahia, através do programa Mesa Brasil. O seminário aconteceu ontem (15 de outubro), no Teatro Sesc Casa do Comércio, com o tema Agricultura Familiar e Segurança Alimentar e Nutricional (SAN). O Seminário contou com a participação do coordenador geral do SASOP – Serviço de Assessoria às Organizações Populares Rurais, Carlos Eduardo O. de Souza Leite, para falar sobre a sustentabilidade socioeconômica do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na mesa redonda 10 anos de PAA: desafios, conquistas e perspectivas.

A mesa, que teve também a presença de representantes do Fórum Baiano de Direitos Humanos à Alimentação Adequada, da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) na Bahia e da Associação dos Trabalhadores Rurais do Azimbo,  trouxe um rico debate sobre os avanços do PAA, a diversidade de alimentos adquiridos e a importância dos mercados institucionais para o desenvolvimento da agricultura familiar e garantia da SAN para as pessoas beneficiadas pelo Programa. 

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.